Após abril chuvoso, maio começa com precipitações em todas as regiões do Ceará

O mês de abril de 2018 terminou com a maior média de chuvas desde maio de 2009 no Ceará. Conforme dados ainda parciais da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), o último mês registrou 214,9 milímetros, o que corresponde a 14,3% acima da normal climatológica para o período.

Durante o último mês, as macrorregiões mais beneficiadas foram a do Maciço de Baturité e a Jaguaribana, com 297,7 mm e 272,8 mm, respectivamente. Ambos registraram desvios positivos. Quanto aos municípios, os mais chuvosos foram Moraújo (492 mm), Icapuí (460,7 mm), Russas (425,9 mm), Granja (417,4 mm) e Ibiapina (415,3 mm).

“Os maiores desvios, por macrorregiões, ocorrem aleatoriamente, mas algumas chuvas mais intensas vindas do leste foram um pouco mais frequentes, em abril, em áreas dessas macrorregiões, respondendo, em parte, pelos maiores desvios das mesmas”, explica o supervisor da Unidade de Tempo e Clima da Funceme, Raul Fritz.

Diferente do observado em março, a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), que é o principal sistema indutor de chuvas durante a quadra chuvosa, esteve, em maior parte do mês de abril, em posição favorável para formação de nebulosidade e, consequentemente, chuvas.

Além da macrorregião Jaguaribana, o Cariri, por exemplo, onde o acumulado foi 22,2% acima da média, as precipitações contribuíram para o aporte de importantes açudes, como o próprio Castanhão, que hoje está com 8,63% da sua capacidade total. Apesar do aporte, é necessário o uso sustentável dos recursos hídricos.

“Essas macrorregiões estão inseridas em partes das bacias hidrográficas (áreas de captação de água de chuva) dos mais importantes açudes, contribuindo para o aporte hídrico”, comenta o meteorologista da Funceme.

Maio

O mês de maio também começou chuvoso.

Conforme a previsão do tempo. Na sexta-feira (4), a previsão também é de nebulosidade variável, porém com possibilidade de chuvas no centro-norte do estado. Nas demais regiões, céu parcialmente nublado.

Atendimento à Imprensa

Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme)
Felipe Lima
Contato: (85) 3101.1099 / (85) 9 8727.1557 / (85) 9 8814.4194
E-mail: comunicacao@funceme.br